Follow by Email

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Cuidado com "Onde"



Pessoal, um cuidado que todos devem tomar em textos escritos e falados é com o uso indevido do pronome relativo “onde” em sentenças como estas (e isso mais parece uma febre por aí):

  • “O século onde se desenvolveu a teoria da informação acabou há pouco.”
  • “O discurso onde o presidente acusou os pecuaristas não convenceu os críticos.”

Tanto a palavra “século” como a palavra “discurso” não são locais, não dão ideia de lugar. Não podemos, portanto, unir as frases com o pronome “onde”.  Ao invés, use “em que”. 

  • "O século em que se desenvolveu a teoria da informação acabou há pouco.”
  • “O discurso em que o presidente acusou os pecuaristas não convenceu os críticos.”

Você sempre pode trocar “onde” por “em que”, mas nem sempre “em que” por “onde”. 

Lembrem-se: onde retoma ideia de lugar, somente. 

Exemplos:

  •  A casa onde morei quando era criança foi destruída pelas águas do rio. (casa – indica lugar).
  • A cidade onde moro fica no litoral. (cidade – indica lugar)

Onde: lugar...lugar...lugar....:-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário