Follow by Email

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Vício de linguagem

Um vício de linguagem muito popular é a troca de eu por mim em sentenças como:  “Este livro é para mim ler”. Ricardo Russo, conteudista do site algosobre.com, explica o grande equívoco de uma maneira bem engraçada. O autor explica que mim não pode ser sujeito de ninguém, já que “mim não passa no vestibular; mim não namora, mim não vai a jogo de futebol. Eu, sim, passo no vestibular”. Por conseguinte “mim” não pode ser sujeito de “ler”.

Trocando em miúdos:

Sempre antes de verbo use pronome pessoal: eu, tu, ele, etc.

  • Esse doce é para você apreciar.
  • Este livro é para ele estudar.
  • Aquele teste é para tu fazeres.


E por aí vai!

Nenhum comentário:

Postar um comentário